Uma dupla, três livros, muita diversão

Sou capaz de lembrar muito bem da primeira vez que peguei nas mãos o livro Telefone Sem Fio (Ed. Companhia das Letrinhas, 2010), criado...

Nelson Cruz: 4 perguntas sobre Mestre Lisboa

  Eu tinha 11 anos quando vi pela primeira vez, bem de perto, as imagens dos Passos da Paixão, esculpidas por Antônio Francisco Lisboa, o...

MAURICIO NEGRO: “Somos muitos. Plurais na singularidade”

ENTREVISTA: MAURICIO NEGRO “Somos muitos. Plurais na singularidade”   Pode dar uma olhada no que temos no mercado brasileiro de “livro para a infância” que acolha temáticas...

Bárbaro, de Moriconi, vence Jabuti

Em 2013, bem pertinho de ter sido agraciada com a leitura de Bárbaro (Companhia das Letrinhas), livro de Renato Moriconi, fiz uma entrevista com...

A PRINCESA E O PESCADOR DE NUVENS

Já fiquei bastante assustada com livros que tratam o tema morte para crianças sem delicadeza alguma. Mesmo de editoras de renome ou autores com...

VÍDEO: O prazer de publicar no Brasil

Afinal, por que publicar livros infantis no Brasil? Qual o prazer de escrever no seu próprio idioma? O bom de ter referências de imagens...

Os 50 anos da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil

Elisabeth Serra, secretária-geral da entidade, conversou com o nosso Blog sobre a situação diante da perda da sede própria da instituição em 2017 e...

Renato Moriconi: um troféu Lobato e uma coxinha, por favor

  Tive mais acesso ao trabalho do artista Renato Moriconi pela parceria dele com o escritor Ilan Brenman. Eles publicaram vários livros juntos, entre eles a...

Fernando Gomes e a paixão por bonecos na TV

O toque do celular é Manah, Manah, a clássica canção gravada pelos Muppets. Na cristaleira da sala, bonecos dos personagens do filme Muppets 2,...

Ruth Rocha e seus 85 anos nos meus 41

É falar em livro infantil para falar em Ruth Rocha. Também pudera: são dezenas e dezenas de livros e, em 2017, 50 anos de...