BIBLIOTECA PARQUE VILLA-LOBOS: QUEM É MESMO QUE NÃO GOSTA DE LER?

2003

IMG_3071

Foi uma manhã especial. Tinha design criativo, aconchegante luz natural. Tinha barbantes coloridos que se envolviam em um círculo. Estávamos dentro de uma flor aberta? E os bancos feitos de esteiras, que abrigavam os adultos, as crianças de todas as idades, até os bebezinhos! Sim… os be-be-zi-nhos! Poucos meses de vida e já viviam aquele belíssimo lugar! E de trilha sonora? Revoadas de quero-quero. Era a primeira vez da minha família na Biblioteca Parque Villa-Lobos, no parque da zona oeste de São Paulo.

A caminhada já cria uma boa espera. Passear pelo Villa-Lobos tem um quê de lentidão e diversidade. Você tem vontade de andar devagar, ao mesmo tempo em que grande parte dos visitantes está envolvida na alta velocidade nas bicicletas, patins, skates, patinetes. Caminhar ali já é lidar com esta mistura, com desvios, obstáculos. É conviver.
A biblioteca segue este clima. Localizada em um prédio ao lado do conhecido orquidário, ocupa um espaço de 4 mil m2 e segue o modelo da Biblioteca de São Paulo, no Parque da Juventude, e também os das bibliotecas parques (as do Chile, Colômbia, Rio de Janeiro…). Na entrada, espaço para estacionar bicicletas, skates, etc. Um cadastro e um documento com foto e você já sai de sócio do lugar. A entrada é encantadora: a tal flor é um convite irrecusável à leitura.
O acervo é distribuído nas laterais do espaço, que também contém mesas e poltronas. A seção que primeiro chama a atenção é a dedicada aos livros infantis, por razões óbvias: onde há cores e crianças, todos olham.

IMG_3072

O acervo é bem cuidado, mas me intriga um pouco a opção por colocar brinquedos e bonecos de personagens de TV. Claro que levam as crianças para o espaço, como metal atraído por ímãs. Mas será que os livros têm alguma vez depois? O fato é que vi ali famílias dividindo opiniões e escolhendo o que levar para casa.

Clarice, minha filha, se sentiu em casa.

IMG_3041

Olha ela na dúvida…

IMG_3068

… depois acabou cedendo aos brinquedos (e achei que, para ela, só fez o lugar parecer melhor ainda)

 

A volta rápida que conseguimos dar no lugar nos mostrou a divisão para livros de adultos…

IMG_3078

… uma disposição bem bacana colocando filmes e livros que os inspiraram um ao lado do outro – a biblioteca é também dar este tipo de informação -, audiolivros e um espaço em que havia uma exposição com trabalhos do artista plástico Rubens Matuck.
Ah, ela estava cheia de gente.
Lendo, sabe?
Quem é mesmo que não gosta de frequenter bibliotecas?

A Biblioteca Parque Villa-Lobos funciona de terça a domingo, das 10 às 19 horas. Tem uma programação diária com atividades de leitura – de clube de livro a oficinas para estimular a leitura crítica, passando por incentivo ao hábito a partir dos bebês. Veja mais aqui.

Deixe uma resposta