VÍDEO: O MUNDO DE EVA FURNARI

2247

Entrevistei a escritora e ilustradora Eva Furnari pela primeira vez em 2007. Era para a Lista dos 30 Melhores Livros Infantis do Ano e quisemos homenageá-la. Na lista daquele ano, o fabuloso Felpo Filva, um livro lançado em 2006, com a história de um coelho um tanto neurótico e cheios de traumas de infância por ter uma orelha mais curta do que a outra. Um coelho poeta, na verdade, que é criticado por uma leitura e daí surgem as mais variadas e divertidas cenas e encontros, permeados por uma brincadeira entre gêneros de escrita.

Desde o primeiro encontro com a Eva, a admiração foi certa. Não só pelo seu trabalho, porque isso eu já conhecia dos livros desde a minha infância, com as minhas leituras na Biblioteca Chácara do Castelo, acompanhadas pelas aventuras de seus personagens dos anos 80, como a famosíssima Bruxinha. Mas o que me encanta na Eva é como ela pensa o livro, o seu papel como artista, mas também como pessoa que leva uma ideia a uma porção de crianças, professoras, famílias: há uma forte preocupação com a ética (e que nada tem a ver com a confusa discussão sobre o politicamente correto na literatura infantil). Ética como questão para nos mantermos “humanos”, característica primordial da literatura.

É isso que talvez vocês sintam ao assistir este documentário exclusivo do Esconderijos do Tempo, produzido por mim e por Ricardo Fiorotto. Divirtam-se, reflitam, encantem-se com o Mundo de Eva Furnari!

3 COMENTÁRIOS

  1. Oi Cristiane,
    Que documentário encantador! A Eva transborda simpatia e simplicidade. Demonstra muita conexão com a própria essência, com o que lhe faz criar e encantar.
    Sou mãe de 1 garotinho de enormes olhos curiosos, com quem estou descobrindo o rico universo da literatura infantil. Conto um pouco disso e outras histórias no meu blog http://www.verdemae.com.
    Obrigada pelo trabalho.
    Jaqueline Lima

  2. Cristiane….

    Já conhecia…todo o universo da Eva…mas mesmo assim….ela sempre encanta…as imagens…a composição…

    Valeu..parabéns…

Deixe uma resposta